6 Dicas sobre rotina para educadores

6 Dicas sobre rotina para educadores

Um educador, assim como qualquer outro profissional, precisa de ferramentas que tornem seu trabalho mais eficiente e produtivo. Nesse artigo, você vai encontrar seis dicas úteis para que os educadores possam usar a rotina a seu favor, e otimizar o trabalho. Compartilhe esse texto com todos os educadores de sua escola, para que eles também possam aplicar essas dicas imediatamente!

Planejamento geral para otimizar a rotina

O primeiro passo para otimizar a rotina do educador é estabelecer um planejamento de trabalho mais geral. Esse planejamento pode ser diário ou mesmo semanal. Defina os horários que serão utilizados para dar aula, para corrigir provas, para preencher fichas de presença, para participar de reuniões. Afinal, todas essas atividades são importantes e não podem ser esquecidas.

Planejamento de aulas

Da mesma maneira que você planejou o uso do tempo durante a semana, faça também uma preparação da rotina para a sua aula, para tirar o máximo proveito do tempo e evitar imprevistos. Essa preparação já deve estabelecer alguns pontos básicos, por exemplo:

  • O conteúdo da aula
  • Os objetivos da aula
  • Quais atividades serão realizadas
  • O tempo disponível para cada uma
  • O espaço ou materiais necessários

Guarde seus planejamentos

Lembre-se de que o planejamento de aula é “reaproveitável”. Ou seja, você poderá utilizá-lo novamente em outros cursos ou turmas. Portanto, guarde seus planejamentos e apenas revise, para realizar alterações ou melhorias, cada vez que for aplicá-lo a novos alunos.

Na hora de fazer essas mudanças, tenha em consideração suas experiências passadas. Pergunte a si mesmo o que funcionou (ou não) nessa aula com as turmas anteriores.

Aproveite e compartilhe seus melhores planejamentos com colegas educadores, e com a escola. Assim, todos os alunos poderão se beneficiar com uma aula bem preparada.

Leia também  Musicalização infantil: qual é o papel da música na educação das crianças?

Comunique-se com a escola

No seu planejamento, vai ficar claro quais recursos você precisa para realizar seu trabalho. Comunique essas necessidades para a escola com antecedência. Seja uma sala especial ou algumas folhas impressas, garanta que a equipe administrativa terá tempo o suficiente para deixar esse material reservado.

Além da vantagem de otimizar o andamento da aula, essa comunicação também é essencial para que o ambiente de trabalho continue funcional. Quando os educadores e os administradores não conseguem expressar suas necessidades um ao outro, muitos transtornos surgem – inclusive envolvendo os alunos e responsáveis. Com o tempo, isso prejudica a harmonia da escola ou instituição de ensino para seus funcionários.

Comunique-se com os alunos

Outra parte dessa equação, igualmente importante, são os alunos. Não tenha medo de compartilhar seu planejamento com eles. Conhecer a rotina das aulas ajuda os alunos a se comportarem de acordo com essa rotina; ou seja, eles sabem o que devem fazer, quando e por que. Isso é importante principalmente quando os alunos são crianças ou adolescentes. Esta é uma faixa etária que exige mais disciplina no que se refere a rotina, para evitar que a turma se disperse ou saia do controle.

Além disso, sempre que possível, informe os alunos também do seu planejamento a longo prazo – ou seja, quais conteúdos serão abordados em cada aula. Com isso, os alunos podem ler, pesquisar e se preparar com antecedência, extraindo o máximo proveito das aulas (embora provavelmente nem todos farão isso).

Tenha consistência

A rotina estabelecida precisa ser seguida com consistência. Isso fica mais fácil com o tempo, especialmente por que o planejamento já estará pronto – basta segui-lo. Dessa forma, o professor poderá gastar cada vez menos tempo com a preparação, e mais tempo aprimorando a execução de suas aulas. Os educadores que aderem ao planejamento da rotina, dentro e fora da sala de aula, apresentam uma curva de desempenho muito acentuada. É uma maneira comprovada de se tornar um educador melhor com o tempo.

Leia também  10 dicas certeiras para tornar sua escola inclusiva

Com essas dicas, você vai notar uma otimização no trabalho do educador. Mas as vantagens não acabam aí. A aula será melhor, favorecendo também os alunos. E o funcionamento estrutural da escola será mais eficaz, facilitando o trabalho de todos. Ou seja, investir em uma rotina é bom para todas as partes envolvidas.

Quer saber mais sobre gestão escolar? Então siga o perfil do Escolaweb nas redes sociais. Aproveite e siga nosso blog, para descobrir mais dicas úteis no dia a dia de uma escola.

Deixe um comentário

ADICIONE SEU EMAIL
Junte-se ao grupo de pessoas que recebem nossos emails.

Share This