Educação em tempo integral: um novo desafio para as escolas particulares.

Educação em tempo integral: um novo desafio para as escolas particulares.

A educação em tempo integral foi tema bastante discutido na última eleição presidencial. Com o crescente debate sobre como deve ser a educação no país, uma das ideias é a ampliação do horário em que o aluno permanece na sala de aula. Um dos argumentos é de que a prática pode devolver a relevância da escola na vida do aluno, criando um processo educacional mais completo.

Profissionais da área estão de acordo em um ponto: não se pode mais continuar com uma estrutura escolar estabelecida no século XIX. Isso quer dizer: uma escola não deve passar os conteúdos da mesma maneira para diversos alunos, diferentes entre si. Os desafios para a construção de uma escola em tempo integral são muitos. A seguir, entenda um pouco melhor a questão.

Inadimplência na escola? Confira 7 dicas para reduzir o problema

Inadimplência na escola? Confira 7 dicas para reduzir o problema

As escolas são um espaço de aprendizado e troca de experiências, mas também são uma prestadora de serviços a quem estuda e paga as mensalidades. Com isso, na perspectiva da gestão escolar, surgem problemas com a inadimplência. No Brasil, atualmente, de acordo com dados divulgados pela Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor, realizada pela Confederação Nacional do Comércio, o índice de brasileiros endividados chega a 63,3%. Além disso, 19,2% da população brasileira estão com as contas atrasadas.

Em meio a esse cenário, as escolas precisam adotar medidas para garantir o pagamento em dia e também facilitar a lembrança de que as mensalidades não estão pagas. Na correria das atribulações, dividindo o tempo entre família, trabalho, esporte e lazer, os pais podem acabar se esquecendo de quitar os boletos e se tornarem inadimplentes sem nem saber.

6 sinais de que a escola precisa mudar o sistema de gestão escolar

6 sinais de que a escola precisa mudar o sistema de gestão escolar

Muitas vezes quando ligamos para escolas e oferecemos o nosso sistema de gestão escolar, recebemos a resposta taxativa: “Não temos interesse, já temos sistema”. Normalmente esta informação já nos é passada pelo próprio atendente. Fazendo com que esta oportunidade nem chegue ao setor responsável.

Mesmo tendo um sistema, que aparentemente atende as necessidades da escola vou deixar 6 sinais de que a escola pode repensar, e se abrir para novos projetos.

ADICIONE SEU EMAIL
Junte-se ao grupo de pessoas que recebem nossos emails.