Planejamento escolar, o papel do supervisor para se obter sucesso.

planejamento escolar papel supervisor

A prioridade de toda escola deve ser a educação. Uma instituição comprometida com a excelência na postura educacional precisa investir, sobretudo, no planejamento escolar, em profissionais qualificados e comprometidos com o aprender. Para que o processo ensino-aprendizagem se desenvolva de modo pleno, é fundamental que o corpo docente da escola seja dirigido por um profissional de máxima competência. E quem seria responsável por manter, como um maestro, a orquestra escolar – no caso, os educadores – “tocando” no mesmo ritmo, de forma que o processo de aprendizagem se dê de forma consistente e harmônica? Esse profissional é o supervisor escolar.

São atribuições do supervisor escolar, dentre outras:

1. O planejamento escolar

O supervisor deve ser um profissional com uma visão ampla, pois deve saber exatamente como a escola está no presente e onde quer chegar no futuro. Isto envolve a habilidade de saber liderar a equipe pedagógica de forma a acreditar e desenvolver estratégias para atingir seus objetivos.

2. O currículo

O supervisor deve coordenar a elaboração e implementação do currículo escolar. Ele deve também adequar ao currículo materiais extras de assuntos de relevância, como a prevenção de bullying e riscos do cigarro, álcool e drogas para os adolescentes, por exemplo. Outros assuntos que sejam importantes no contexto sócio-político, como a economia de água e a prevenção de doenças contemporâneas, também devem fazer parte do currículo escolar.

3. O acompanhamento da evolução dos alunos

É essencial que o supervisor verifique se os conteúdos ministrados estão sendo incorporados pelos alunos. Por meio de avaliações, é possível detectar alunos que estejam com uma média abaixo da esperada. Tendo conhecimento prévio da baixa performance destes alunos, há como recuperá-los nas matérias, por meio de aulas de reforço, a fim de que consigam melhorar seu desempenho.

Leia também  4 dicas para trabalhar a Educação Financeira com adolescentes

4. O treinamento do corpo docente

O supervisor precisa estar a par da performance de seu corpo docente. Cabe ao supervisor proporcionar treinamento constante para seus educadores, quer seja por conta de inovações que aparecem no campo pedagógico, quer seja no caso de algum professor estar enfrentando dificuldades ao ministrar suas aulas.

5. O quadro de horário escolar

Cabe ao supervisor a elaboração do quadro de horário escolar. Atividade complexa, ao fazer o quadro de horários o supervisor deve levar em conta vários aspectos:

  • Os horários disponíveis dos professores;
  • Se o perfil dos professores se adequa às séries estipuladas;
  • Evitar que o educador fique com grandes horários em aberto, as chamadas “janelas”;
  • Verificar a distância em que moram os professores, pois é necessário observar se é viável para determinado professor ter poucas ou várias aulas por dia.

6. O contato com os pais e/ou responsáveis

Os responsáveis pelos alunos precisam estar constantemente em contato com a escola, e cabe ao supervisor estabelecer este vínculo. Por meio de um moderno sistema de gestão escolar, os pais ficam cientes, em tempo real, sobre reuniões pedagógicas, tarefas escolares, ocorrências, desempenho e notas de seus filhos. Indispensável para um supervisor eficaz, um sistema de gestão escolar otimiza o tempo e garante que todas as engrenagens essenciais para que a escola funcione perfeitamente – alunos, professores, pais – estejam conectadas.

Quer saber mais sobre planejamento escolar? Leia nossos outros artigos do blog e conheça também nosso sistema de gestão escolar Escolaweb!

Deixe um comentário

ADICIONE SEU EMAIL
Junte-se ao grupo de pessoas que recebem nossos emails.

Share This