Como o trabalho em grupo impacta na aprendizagem em sala de aula

Como o trabalho em grupo impacta na aprendizagem em sala de aula

Além de transmitir o conhecimento, é papel do docente colaborar para que o aluno saia sabendo conviver em sociedade e enfrentar as necessidades requeridas pelo mercado de trabalho, como por exemplo, o trabalho em grupo e a divisão de tarefas em equipe. Para isso, além de saber ouvir e deixar o aluno se expressar e interagir na sala de aula, é altamente recomendável incentivar e permitir o trabalho em grupo.

Trabalho de grupo na sala de aula

A explanação e as demais técnicas de ensino são extremamente importantes, mas o trabalho em grupo não pode ser esquecido pelo professor. Ele ajuda o discente a desenvolver o respeito para com os demais, saber expor e a ouvir opiniões contrárias à sua e a desenvolver sua capacidade intelectual.

Com isso, o professor ajudará a formar cidadãos preparados para viver e aceitar opiniões diferentes e ao mesmo tempo, para delegar tarefas e recebê-las, trabalhando em grupo como normalmente o mercado de trabalho pede.

O trabalho em grupo ajuda também a desenvolver características como a de cooperação, responsabilidade e interação dentro da turma. Além disso, alunos que possuem mais dificuldade nas disciplinas acabam, muitas vezes, tendo mais facilidade de entender o que o colega fala e com isso, tirando dúvidas e melhorando o seu desempenho, com a ajuda dos colegas. Sai a figura do professor, aquela pessoa mais experiente e que domina o tema e entra a figura do colega, que tem a mesma idade e passa por momentos de estudos e descobertas. É o famoso ensino horizontal ao qual alguns estudantes respondem muito bem.

As trocas de experiência e de conhecimento bem como o estímulo à criatividade se somam a todo esse processo. Isso é positivo até para aquele aluno mais tímido, que não se sente à vontade para fazer uma pergunta no meio da aula, mas ao mesmo tempo se sente mais confiante em tirar as suas dúvidas com os colegas durante essa atividade. 

Leia também  Gestão financeira escolar: 6 práticas para adotar em 2017

Nem tudo é perfeito no trabalho em grupo

Como em toda tarefa, nem tudo sai perfeito sempre. É necessário que o professor esteja preparado para trabalhar com uma sala mais agitada e com aqueles alunos menos interessados que podem aproveitar desse momento para “escapar” da atividade e deixar o trabalho nas mãos dos colegas.

Uma dica para driblar esse problema é colocar os mais indisciplinados no mesmo grupo, pois eles terão que pensar e dialogar, já que não contarão com um aluno mais aplicado para fazer a tarefa. Porém, o docente é quem melhor conhece o comportamento da turma e deverá avaliar se essa é a melhor maneira de divisão.

Enquanto a atividade é realizada, é essencial que o professor acompanhe e oriente as equipes, tirando dúvidas ou até sugerindo algo quando notar que o início da atividade é um pouco difícil. É necessário se portar como um bom mediador para ter um resultado positivo.

Você realiza esse tipo de atividade em sala de aula? Como é a resposta dos seus alunos? Conte para a gente nos comentários!

Deixe um comentário

ADICIONE SEU EMAIL
Junte-se ao grupo de pessoas que recebem nossos emails.

Share This