Coordenador pedagógico: qual é o seu perfil?

Cuidar da entrada de alunos atrasados, fazer a gestão financeira, cobrar o uso do uniforme: essas são apenas algumas funções que fazem parte do perfil do coordenador pedagógico em muitas instituições de ensino.

Embora as atividades acima não sejam o papel primordial do cargo, muitos desses profissionais acabam sendo engolidos pela rotina que lhes é imposta.

E você, como se enquadra nesse cenário? Continue a leitura e perceba em qual perfil de coordenador você se encaixa. Tenha a chance de refletir sobre isso e saiba como melhorar a sua atuação!

Qual é o papel do coordenador pedagógico na escola?

Nos processos educacionais, o coordenador pedagógico assume importante papel. Basicamente, é ele quem vai mobilizar o grupo para aprimorar as práticas pedagógicas na escola.

Sendo assim, o coordenador orienta os professores na construção e na aplicação de seu planejamento. Também é ele quem conduz as reuniões pedagógicas na instituição e acompanha a evolução da aprendizagem dos alunos a partir de avaliações internas e externas.

Quais são os perfis do coordenador pedagógico?

Diante da complexidade de seu trabalho e da interferência que sofre da comunidade escolar, o coordenador pedagógico assume diversos perfis. Ele pode ser do tipo ajudante, teórico, apagador de chamas, amigo e parceiro. A seguir, você acompanha a descrição de cada perfil de profissional:

Ajudante

No dia a dia da escola, você consuma somente atender a demandas, tal como receber pais e alunos, e cuidar de situações burocráticas? Ou também tem o hábito de cumprir atribuições dadas pelo diretor e dividir com ele toda a burocracia da instituição? Caso tenha, seu perfil de coordenador pedagógico é de ajudante.

Esse tipo de comportamento demonstra que suas atribuições na escola precisam ser mais bem definidas. Você faz tudo o que a direção solicita e acaba tomando a função de vice-diretor.

Em vez de ajudar na formação dos professores, você fica por conta de resolver questões administrativas ou burocráticas. Problemas com pais e estudantes fazem parte de toda a sua rotina escolar.

Teórico

Estudar e planejar a formação para os professores é a função que mais te ocupa? Você divide seu dia em busca de material para ter conteúdo para as reuniões de leitura com os professores? Se faz isso, você é o coordenador pedagógico do tipo teórico.

Esse perfil demonstra sua consciência do papel formador que tem na escola. Você sempre está à procura da melhor bagagem teórica para trabalhar com os professores.

Talvez por conta desse comportamento, tenha deixado um pouco de lado questões práticas. Provavelmente, será preciso trabalhar paralelamente com a realidade da instituição, utilizando a teoria para suprir as necessidades reais dela.

Apagador de chamas

Imprevistos e problemas são frequentes na sua rotina de trabalho? Apesar de querer se dedicar à formação dos professores, você acaba sendo consumido por uma série de demandas não planejadas? Então, seu perfil de coordenador é o apagador de chamas.

Esse nome já sinaliza o quanto você se compromete em reverter os problemas que aparecem. Não é raro assumir tarefas atribuídas aos professores, por exemplo. Isso é ruim para a execução e para a definição das práticas pedagógicas.

Amigo

No seu dia a dia de trabalho, é comum ser procurado para ouvir angústias e dificuldades dos professores? Você passa grande parte do tempo atendendo às demandas deles? Nesse caso, você tem o perfil de coordenador amigo.

Seu comportamento se justifica pelo fato de ter medo de que os professores se sintam criticados ou expostos. Por isso, sua atitude é mais permissiva. No fim das contas, em vez de atuar como formador, você acaba virando um ombro amigo para os docentes.

Parceiro

Elaborar um plano de trabalho — demarcando atribuições, objetivos e ações — é o que você costuma fazer? E ainda compartilha essas informações com a direção e a equipe da escola? Então, seu perfil de coordenador pedagógico é parceiro.

A sua rotina não é monótona, pois existem etapas distintas, tais como momentos para fazer planejamento, encontrar professores e dar orientações em sala de aula. O seu comportamento é composto pela figura do formador, mas também pela atuação como articulador pedagógico e transformador da prática docente.

Como ser um profissional melhor?

Levando em conta os diferentes perfis de coordenador pedagógico, é essencial mudar alguns hábitos para que seu papel seja realmente aplicado. Veja, a seguir, algumas dicas para se aproximar da função genuína desse tipo de profissional:

Entenda e preserve o seu papel

Se você se sente muito perdido nas diversas atribuições que recebe, é melhor dar uma pausa e refletir sobre isso. Compreenda o seu papel. Converse com a equipe da secretaria de educação, pesquise na bibliografia da área, bata um papo com colegas e perceba o que, de fato, o seu cargo deve fazer.

Em seguida, identifique o que tem mais tomado o seu tempo. Se for além do que um coordenador da área faz, é melhor reorganizar suas tarefas e priorizar o acompanhamento pedagógico.

Para as demandas da direção que não são de responsabilidade do seu cargo, converse com o gestor sobre isso. Preserve a importância de manter as suas funções e não acumular outras.

Estimule a autonomia dos professores

Com as suas funções de formador devidamente estabelecidas, é preciso dar autonomia aos professores. Eles necessitam entender que têm capacidade para elaborar suas demandas — em vez de exigir isso unicamente dos coordenadores pedagógicos.

O trabalho deve ser conjunto. Professores e coordenadores precisam pensar nas melhores estratégias, e isso pode ocorrer por meio de encontros de formação coletiva. Nessas reuniões, é interessante estimular que os professores compartilhem suas observações e experiências dentro da sala de aula. Incentive-os também a buscar a atualização.

Conquiste a confiança da equipe

Muitas vezes, o professor se sente inseguro em utilizar um novo método de ensino elaborado pela coordenação pedagógica. É nesse momento que o coordenador deve trabalhar a confiança da equipe.

Demonstre como foi elaborado o seu plano de trabalho. Destaque os objetivos, as estratégias e a organização da rotina. Deixe tudo muito claro e mostre que você também é responsável pela aprendizagem dos alunos.

Gostou de saber mais sobre o perfil do coordenador pedagógico e quer continuar recebendo outras informações sobre educação? Assine a nossa newsletter e não perca nenhum conteúdo!

Trackback do seu site.

ADICIONE SEU EMAIL
Junte-se ao grupo de pessoas que recebem nossos emails.

Share This