Estratégias para verificar a aprendizagem dos alunos e seu próprio desempenho

Estratégias para verificar a aprendizagem dos alunos e seu próprio desempenho

As avaliações representam uma poderosa ferramenta para se diagnosticar a aprendizagem dos alunos, desde que seja dada criteriosamente. Sabemos que de nada adiantam as avaliações formais, para as quais os alunos preparam-se através de memorização de curta duração, e logo após o teste se esquecem do conteúdo, para saber realmente qual conteúdo pedagógico os alunos foram capazes de aprender, compreender e usufruir.

Há meios, porém, de realmente mensurar a aprendizagem dos alunos, por meio de avaliações informais. Através destas técnicas de avaliação, é possível verificar o grau de compreensão dos alunos, bem como checar a eficiência do método de ensino do professor.

Conheça algumas destas técnicas:

1.  Anotação de um minuto

Nos últimos minutos de sua aula, peça aos alunos para usarem meia folha de papel e escreverem: a coisa mais importante que aprendi hoje e o que não compreendi muito bem. Reveja estes papéis antes da próxima aula e use as anotações para esclarecer dúvidas ou elaborar mais algumas explicações.

2. O “X” da questão

Similar ao passo anterior, porém desta vez peça aos alunos para anotarem apenas o que não compreenderam. Caso haja muitas respostas iguais, retome o tópico na aula posterior.

3. Anotações em cadeia

Escreva em um envelope grande uma pergunta sobre o conteúdo dado. Peça aos alunos que respondam à questão de forma breve, em um pedaço de papel, e passem o envelope adiante, de forma que todos respondam a pergunta. Separe as respostas por tipo e, na próxima aula, use as respostas para discutir sobre o tópico.

4. Aplicação da aprendizagem

Durante os últimos quinze minutos da aula, peça aos alunos para que escrevam uma breve notícia de jornal, aplicando o conteúdo aprendido a uma situação real ou fictícia. Sorteie na próxima aula vários artigos para ler para a classe, mostrando de que forma este tópico pode ser útil ou acontecer na vida real.

Leia também  Aplicativos na escola: quais os benefícios?

5. Teste criado pelos alunos

Divida a classe em grupos, e peça para que cada grupo crie perguntas sobre um tópico da matéria, juntamente com as respostas. Pelo menos cada aluno do grupo deve elaborar uma questão. Revise estas questões previamente e utilize-as na próxima avaliação.

6. Diário

Peça aos alunos para que escrevam anotações sobre seus pensamentos durante a aula. Peça a eles que sejam específicos, anotando apenas valores morais, atitudes ou o humor deles. Estas notas podem ser colocadas em uma caixa de papel. Este exercício serve para diagnosticar o que seus alunos sentem durante suas aulas. Verifique se há mudanças negativas ou positivas com o decorrer do tempo com relação a estas anotações.

7. Caixa de sugestões

Deixe uma caixa de sugestões próxima à porta, para que seus alunos deixem suas anotações sobre aspectos da aula.

8. Observação de um colega

Peça a um outro professor, com o qual sente-se à vontade e confia, que assista à sua aula. Após a aula, peça a ele para dar o parecer dele com relação ao seu modo de lecionar, metodologia, etc. Peça a ele sugestões dos pontos considerados críticos.

Através destes procedimentos, você poderá ter uma ideia precisa de como está sendo o desempenho de seus alunos, bem como sua própria performance. Por meio destas informações, você possuirá todas as ferramentas necessárias para aperfeiçoar sua aula e, consequentemente, colaborar para o aprendizado de seus alunos.

De qual ferramenta você faz uso para avaliar o aprendizado de seus alunos? Compartilhe conosco!

Baixe também nossos materiais educativos!

Deixe um comentário

ADICIONE SEU EMAIL
Junte-se ao grupo de pessoas que recebem nossos emails.

Share This