Quais os inimigos de uma gestão financeira escolar eficiente?

Quais os inimigos de uma gestão financeira escolar eficiente?

A gestão financeira escolar é uma medida importantíssima para que qualquer instituição se mantenha, pois é através do setor financeiro que a escola paga seus funcionários, suas despesas, investe em melhorias e permite que a escola esteja bem preparada para receber seus alunos, garantindo um bom funcionamento pedagógico.

Que erros você, gestor, precisa evitar para conseguir manter o controle financeiro de sua escola?

Não planejar a gestão financeira escolar

O planejamento é item primordial na gestão financeira escolar e no controle financeiro de uma escola. O gestor precisa saber todas as despesas que uma escola possui, como salário dos professores, profissionais da limpeza, inspetores, despesas com aluguel, manutenção, alterações físicas da escola quando necessário, materiais escolares, ativo-fixo, propaganda, fornecedores, alimentação, entre outras. O gestor precisa saber antecipadamente sobre os gastos, para verificar se aquela despesa é possível e plausível.

Não saber em que o dinheiro é gasto

É necessário que o caixa escolar esteja sempre atualizado, para se saber quais as despesas diárias que a instituição possui, ou seja, manter um controle diário dos gastos escolares, e manter uma baixa quantia financeira disponível para pequenos gastos extras. Por meio de suas despesas, é possível

Não ter um fluxo de caixa

Todo estabelecimento de ensino precisa possuir um fluxo de caixa, pois toda instituição escolar está sujeita a despesas extras. Para adaptar a escola para alunos portadores de necessidades especiais, por exemplo, é necessário haver um bom fluxo de caixa. O fluxo de caixa é uma segurança, para que você não esteja despreparado em situações financeiras difíceis.

Não misturar contas pessoais e jurídicas

Existe a tentação de se mesclar as contas financeiras pessoais com as da escola, principalmente se a instituição for pequena. Não incorra a esse erro! Deve haver total separação de suas despesas pessoais e a de sua escola, para que ambas possam correr de modo saudável. Ao misturar tais contas, você perde o controle de ambas.

Leia também  Como lidar com a reprovação de um aluno

Não fazer previsões financeiras para o próximo ano letivo

Por meio de suas despesas dentro do ano, é importante que se façam as previsões para o próximo ano letivo. Dessa forma, você não será pego de surpresa por despesas não previstas.

Não atuar na cobrança de inadimplentes prontamente

É muito importante atuar na cobrança de responsáveis inadimplentes com a máxima rapidez, pois dessa forma é mais provável conseguir recuperar os valores devidos. Lembre-se de que você conta que as mensalidades sejam pagas para que possa cumprir com os compromissos financeiros de sua escola, embora você deva considerar um índice de inadimplência ao fazer seu planejamento.

Não ter um sistema de gestão escolar

Todo esse controle financeiro parece muito difícil, porém torna-se extremamente fácil se você tiver um sistema de gestão escolar de ponta. Num sistema escolar eficiente, você terá o controle de seu fluxo de caixa em tempo real, saberá sobre os pagamentos que deverá efetuar, sobre as entradas previstas para o dia, a semana, o mês. Terá uma visão clara de todas as suas despesas e receitas.

Saiba mais sobre um sistema de gestão escolar de primeira categoria: o Escolaweb, que manterá o setor financeiro de sua instituição saudável.

Confira e baixe gratuitamente nossos materiais educativos!

Deixe um comentário

ADICIONE SEU EMAIL
Junte-se ao grupo de pessoas que recebem nossos emails.

Share This