Como lidar com alunos que têm ansiedade social?

Como lidar com alunos tem ansiedade social?

Primeiramente, precisamos compreender o que é a ansiedade social. Todos nós, em alguns momentos, experimentamos um certo medo de sermos julgados, ou de estarmos fazendo papel de ridículo, porém, quando a pessoa possui ansiedade social, este medo é muito pior: quando uma pessoa com ansiedade social está diante de uma situação na qual ela é o centro das atenções, ela pode ter taquicardia, náusea, sudorese e tontura. Ao sentir estas sensações, ela preocupa-se pelo fato das outras pessoas perceberem que ela está sentindo-se assim, o que faz com que os sintomas se agravem.

Hoje em dia, com o uso constante de celulares, a ansiedade social tende a aumentar, uma vez que as pessoas estão tão acostumadas a interagir virtualmente, que torna-se mais difícil a interação entre pessoas face a face.

Como identificar os alunos com ansiedade social?

Preste especial atenção em alunos adolescentes que evitam atividades sociais e de interação e que gostam de ficar sozinhos. Caso eles apresentem uma ansiedade ou raiva significativa quando são chamados para participar de atividades com a sala, eles podem estar sofrendo de ansiedade social, e podem erroneamente serem julgados como esnobes.

Nas crianças, os sintomas são mais fáceis de se identificar: elas geralmente não falam muito ou recusam-se a falar, algumas recusam-se a ficar sem os pais ou alegam que estão doentes para não tomar parte em atividades.

Como ajudar os alunos com ansiedade social?

  • Encoraje a participação

A ansiedade social nada mais é que evitar o convívio social, porém auxiliar o aluno a participar de situações sociais aos poucos pode ajudá-lo a superar este problema, entretanto só tome esta atitude quando sentir que seu aluno está preparado, pois, do contrário, ele se fechará ainda mais.

  • Dê instruções claras

Quando alunos com ansiedade social possuem instruções precisas sobre o que eles têm que fazer, isso faz com que sintam-se menos tensos e mais relaxados, pois eles saberão exatamente de que modo deverão proceder, o que gera menos ansiedade.

  • Verifique o lugar dos alunos na sala

Evite colocar um aluno com ansiedade social próximo a alunos barulhentos, desorganizados ou que julgam os demais. Quanto mais calmo e previsível for o ambiente em que o aluno com ansiedade social estiver, melhor será para ele.

  • Dê a ele um descanso

Todos precisamos de momentos de folga. Você pode criar, por exemplo, cartões coloridos para todos os alunos, indicando que determinadas cores poderão ficar sem participar ativamente da classe. Dessa forma, você permite ao aluno com ansiedade social um momento de folga.

  • Elogie seus talentos

Se o aluno com ansiedade social é um expert em alguma área, deixe-o brilhar. Elogie-o e deixe que ele compartilhe seus conhecimentos com os demais alunos. Isso fará com que ele sinta-se bem e seguro.

  • Demonstre preocupação quando ele faltar

Ligue para o aluno ou para os pais para saber se está tudo bem. Este carinho será com certeza sentido pelo aluno, bem como seus pais.

Leia também  E-mail Marketing: como utiliza-lo em sua instituição de ensino

Resumindo, a ansiedade social é uma doença debilitante, que atormenta não apenas adultos, mas também crianças e adolescentes. Existem tratamentos para esta doença, por meio de terapia cognitiva, e, se preciso, também medicamentos. O importante é que estes alunos optem por tratar-se ao invés de usarem subterfúgios como bebidas e drogas para sentirem-se mais sociáveis. É nossa função, enquanto professores, de ajudá-los e guiá-los no caminho certo.

Gostou deste post? Não se esqueça de deixar sua opinião! Acesse também a nossa página no Facebook!

Deixe um comentário

ADICIONE SEU EMAIL
Junte-se ao grupo de pessoas que recebem nossos emails.

Share This