5 dicas para melhorar o relacionamento entre família e escola

5 dicas para melhorar o relacionamento entre família e escola

Desenvolvimento humano. Se existe um objetivo que une educadores, é justamente esse. Cada um a seu modo, pais e escola desejam que o aluno inserido na instituição alcance esse ideal e que a expansão plena de suas potencialidades seja promovida. Para isso, o relacionamento entre família e escola é fundamental.

Apesar desse objetivo comum, aparentemente algumas expectativas entre as partes são conflitantes, causando desgastes ou indiferença.

Quais são as razões para isso? Que falhas prejudicam essa relação? Como é possível evitá-las, melhorando o relacionamento entre família e escola?

Se você entende a importância desta relação e quer promovê-la em sua instituição, não perca as dicas que selecionamos para que você possa ter os pais como seus aliados na missão de educar. Pronto para começar?

Falhas que prejudicam a relação entre família e escola

Geralmente, quando ocorre qualquer tipo de desgaste, o mais comum é que ambas as partes tenham algum tipo de responsabilidade na situação.

No entanto, as instituições de ensino se pautam na missão de educar. Por isso, é um gesto de consciência que seus gestores tomem medidas para promover essa interação.

Por este motivo, vamos analisar algumas falhas cometidas no ambiente escolar que interferem nessa relação:

Falta de comunicação

Um dos pontos essenciais para o sucesso de qualquer relacionamento é a comunicação. Com escolas e pais, a situação é a mesma.

Uma instituição de ensino que não se comunica com os responsáveis — seja a respeito de seus objetivos e métodos ou deixando de compartilhar informações simples, como datas — está abrindo caminho para a insegurança.

Portanto, certifique-se de que a família tem acesso fácil a todas as informações: proposta pedagógica, conteúdo programático, calendário escolar e realização de atividades extracurriculares.

Se antes mesmo de perguntarem, os pais já tiverem a resposta, você demonstrará organização e credibilidade, e terá como resposta a confiança de sua clientela.

Falta de interação com a família

As escolas que restringem o contato ao momento em que os responsáveis deixam a criança na porta ou às reuniões de pais e mestres, perdem a oportunidade de conquistar aliados.

Quanto mais a família participar de atividades na escola e for envolvida em suas programações, maiores são as chances de ela se engajar em torno de objetivos educacionais.

Falta de feedback

Mais do que uma seleção de aptos ou não aptos, a avaliação deve promover uma visão do crescimento do aluno.

Muitas vezes a instituição se fixa no aspecto “notas” e esquece de demonstrar aos pais o quanto seu filho se desenvolveu dentro da escola.

Mostrar aos responsáveis o resultado das produções individuais da criança e da turma é uma ótima maneira de fornecer um feedback e mostrar à família que valeu a pena confiar a educação de seu filho àquela instituição.

Corrigindo esses três erros, você pode ter certeza de que a relação entre a família e a escola terá um estreitamento valioso. Porém, mais que corrigir as falhas, é possível estabelecer um contato mais próximo. Que tal ir além?

Como melhorar o relacionamento entre família e escola?

Algumas ações muito simples podem estreitar os laços entre as partes, promovendo confiança e reciprocidade. Conheça-as:

Apresente o plano de ensino

Quando os pais percebem que a escola sabe onde quer chegar e o caminho para atingir o alvo, eles se sentem mais confiantes quanto à escolha que fizeram.

Portanto, apresente a eles as atividades que pretendem desenvolver ao longo do ano, sua importância e os conceitos inovadores que vai implementar.

O que a mente não entende, ela combate. Portanto, se você quer pais engajados, e não desconfiados, certifique-se de que eles entenderam a sua proposta.

Cumpra os planos propostos:

Não adianta fazer uma ótima propaganda e não cumprir o prometido. Se você conseguiu encantar os pais com a sua proposta, cumpri-la vai solidificar a relação de confiança estabelecida.

Divulgue os resultados:

Se antes a comunicação era complexa e dependia da vinda dos pais à escola, essa realidade mudou.

Com toda a tecnologia que existe, os pais podem receber notícias de como vocês estão executando o plano e fazendo isso de forma atraente e inovadora.

Através de páginas nas redes sociais, newsletters, soluções de e-mail marketing e boletins, divulgue seu trabalho e faça os pais entenderem porque sua instituição é o melhor lugar onde seus filhos deveriam estar!

Traga a família para a escola

Programações culturais e esportivas ou reuniões descontraídas de associações de pais e mestres, criam um ambiente em que os responsáveis se sentem confortáveis e acolhidos.

Embora existam muitas formas de promover essa aproximação, como palestras que atendam às necessidades dos pais, eventos sociais e culturais, entre outros, não é recomendável ficar restrito a essas opções.

Nesse aspecto, muito mais que as fórmulas prontas, é importante que a escola e as famílias encontrem formas peculiares de relacionamento que sejam viáveis de acordo com sua realidade.

Desta forma, no espaço escolar haverá crescimento e real engajamento de todos os envolvidos.

Mantenha as informações sempre disponíveis

Lembre-se: informação gera segurança e confiança. Por isso, é importante que todas as informações estejam sempre disponíveis para os pais, e da maneira menos burocrática possível.

Se o responsável tiver acesso fácil aos boletins da criança, às tarefas que precisa realizar, aos comunicados que a escola envia e às datas importantes, grande parte de suas expectativas já estarão satisfeitas.

Um ponto importantíssimo é que hoje as pessoas têm cada vez menos tempo para buscar as informações. Portanto, a ideia de telefonar para a escola e aguardar enquanto a ligação é passada de um ramal a outro até chegar à pessoa que pode responder é inconcebível.

Além de tomar o tempo do responsável, os recursos humanos são utilizados de forma improdutiva, pois gastam tempo para responder um a um.

Atualmente, existem recursos que permitem a expedição automática de comunicados através de meios tecnológicos e sistemas que utilizam até mesmo aplicativos para interagir com a família.

Dessa forma, o tempo dos funcionários da instituição é otimizado, a agilidade nos procedimentos torna-se possível e o relacionamento entre família e escola melhora consideravelmente.

Sim, a parceria entre os responsáveis pelo aluno e a escola promove um maior engajamento do estudante e um melhor aproveitamento acadêmico. Aproveite para conhecer também outras formas de melhorar o desempenho dos alunos!

Deixe um comentário

ADICIONE SEU EMAIL
Junte-se ao grupo de pessoas que recebem nossos emails.

Share This